Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

girl on film

21
Jul13

Opinião | Passion | Brian De Palma. 2012

Título em Portugal: Paixão
Data de estreia: 11.07.2013





Passion foi realizado por Brian De Palma e é baseado num thriller francês de 2010. É uma história de luta pelo poder entre duas executivas de alto nível - Christine (Rachel McAdams) e Isabelle (Noomi Rapace). A primeira é ambiciosa, confiante e elegante, Isabelle é (aparentemente) o oposto. A relação profissional e pessoal entre as mulheres inicia-se com um sentido de protecção de Christine para com Isabelle, acrescido de algo que se assemelha a uma empatia sexual, mas, tudo muda quando as ideias de Isabelle são roubadas por Christine - a sua superior hierárquica. A ambição da executiva resulta numa humilhação constante e jogo pervertido de dominação para com Isabelle. 

Esta complicada relação piora, quando entra uma terceira pessoa na intimidade de ambas - Dirk (Paul Anderson) e uma quarta, ruiva e lésbica - Dani (Karoline Herfurth)







O inicio do filme, não podia ser mais lésbico possível, mas, tal como o poster, nem tudo o que parece é. Na verdade, a tensão sexual que pensamos existir entre as personagens é bem manobrada pelo realizador - porque desta estranha ilusão, faz nascer uma relação doentia e de ódio extremo. As duas actrizes são o filme. Rachel McAdams está encantadora e a personagem de Noomi Rapace cresce ao longo do filme. Interpretações sólidas que dotam o filme da intensidade emotiva que precisa. 

De Palma fez uma ode à década de 70, criando uma ligação (ou imitação, para alguns) aos mestres do suspense - de que Alfred Hitchcock é o nome maior. O realizador ousou, experimentou e editou. Fez um paralelismo absolutamente extraordinário entre a história do filme e um ballet, recorrendo a uma tela dividida em duas. O crime e a arte dividem o "palco", confundem e encantam o expectador, com uma música de fundo escolhida ao detalhe. 

O fim do filme é propositadamente confuso e torcido. O assassino é rapidamente revelado, mas com a revelação, surgem mais dúvidas e aquilo que era aparentemente fácil, torna-se intrincado.  Uma coisa é certa, aqueles que vêem Passion, vão chegar ao fim do filme surpresos e com muitas dúvidas. O filme de De Palma não é fácil, mas não é indiferente. 

Nota:


Contacto

Sofia Santos: agirlonfilm@sapo.pt // blog.girl.on.film@gmail.com

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

feira das vaidades

planeta pop + girl on film

Soundtrack by Girl On Film on Mixcloud

A outra casa

Em destaque no SAPO Blogs
pub